História da África do Sul

 

 

 

Estudos arqueológicos indicam que seres humanos modernos viveram na região há mais de 100 mil anos.

Os portugueses foram os primeiros europeus na região, quando atingiram o Cabo da Boa Esperança. Eram visitantes regulares na rota de comércio para o oriente, por volta de 1500.

Em 1652, holandeses da companhia das Índias Orientais, estabeleceram um posto de suprimentos na atual Cidade do Cabo. No século 18, holandeses adentraram a região em busca de caça, alguns estabelecendo fazendas por conta própria. Esses primeiros colonos holandeses tornaram-se conhecidos como boers.

A partir de 1795, os ingleses passaram a ter presença na região, iniciando uma série de conflitos históricos com os holandeses.

A descoberta de diamantes, em 1867, e ouro, em 1886, desencadeou uma onda migratória para a África do Sul.

Após a Guerra dos Boers (1899-1902), britânicos e afrikaners (descendentes dos boers) passaram, juntos, a governar a região, formando a União Sul-Africana.

No início do século 20 instituiu-se a política do apartheid (veja quadro). Em 1994, realizaram-se as primeiras eleições multirraciais da país, pondo fim ao apartheid. Desde então a África do Sul tem sido governada pela maioria negra.

Mais: Economia e dados geográficos

 

África do Sul

 

O jovem Nelson Mandela em traje tradicional. Preso político de 1962 a 1990, Mandela tornou-se herói na luta contra o apartheid e presidente da África do sul de 1994 a 1999.

 

Apartheid

Apartheid é um termo na língua afrikâner para designar o regime de segregação racial da África do Sul, que vigorou no século 20.

Desde o início do século 20 vigorava uma política de segregação por grupos étnico, na África do Sul. Os brancos representavam 20% da população, contra 68% de negros, 8% de mestiços (colorados) e 4% de asiáticos.

Em 1913, uma lei relegou os negros a locais e funções especiais. A política de segregação racial, o apartheid,  intensificou-se até tornar-se rigorosa a partir de 1948. Era o governo da minoria branca sobre a maioria negra e mestiços.

O apartheid recebeu severas críticas internacionais desde o início, incluindo condenação pela ONU. Em 1961, a África do Sul foi forçada a retirar-se da Commonwealth (uma comunidade de nações liderada pela monarquia britânica) devido ao apartheid. Em 1964, o Comitê Olímpico Internacional baniu a África do Sul dos jogos. Em 1985, cerca de 25 nações, incluindo o Brasil, Reino Unido e Estados Unidos, impuseram sanções econômicas ao país.

No início dos anos 1990, a política do apartheid cedeu às pressões e começou a ser reduzida. Em 1994, realizaram-se as primeiras eleições multirraciais da país, elegendo-se para presidente Nelson Mandela, o mais famoso líder da resistência contra o apartheid.

Mais: Os bantustões, Apartheid Museum e Hector Pieterson Memorial.

 

Temas

Copa do Mundo

Mapas

Turismo

Cultura

Economia

Geografia

Parques

Universidades

 

História Cabo Verde

 

Castle of Good Hope, antiga fortaleza onde moravam os governadores do Cabo. Uma das construções mais antigas do país.

 

Biko memorial em East London. Steve Biko (1946-1977), nascido em King William's Town, Eastern Cape, foi um dos líderes na luta contra a segregação racial na África do Sul (buffalocity.gov.za).

 

Museus da África do Sul

Museums South Africa

Bartolomeu Dias Museum

Anglo-Boer War Museum

Voortrekker Monument

National Museum, Bloemfontein

Robben Island Museum

District Six Museum, Cidade do Cabo

Hector Pieterson Memorial, Soweto

Natal Museum, Pietermaritzburg

Nelson Mandela

Sítios arqueológicos

Notícias da África do Sul

 

Historia Africa do Sul

 

Ponta da península do Cabo (Cape Point), junto ao Cabo da Boa Esperança. Mais fotos

 

História

 

Cidade do Cabo

 

Bandeira Africa do Sul

 

Castle of Good Hope

 

Biko

 

Robben Island

 

Provincias África do Sul

 

Cabo Boa Esperança

 

Cabo Boa Esperança

 

História da África do Sul

 

Africa do Sul mapa

 

Africa do Sul

 

 

Copyright © Guia Geográfico - História e Museus da África do Sul - Nelson Mandela, Biko, Apartheid.

 

 

 

Nelson Mandela

 

 

Foto South African Tourism

 

 

 

 

 

South African Tourism