Kênya

 

Antiga colônia britânica (British East Africa), a República do Kênya (ou Jamhuri ya Kenya) tornou-se independente em 1963. A capital é Nairóbi e o presidente do país é eleito pelo voto popular.

Além da área de Nairóbi, existem sete províncias: Central, Coast, Eastern, North Eastern, Nyanza, Rift Valley e Western.

O país possui cerca de 34 milhões de habitantes, cerca de 78% em regiões rurais. O inglês e o kiswahili são línguas oficiais, mas existe uma diversidade de línguas faladas pelos nativos.

O ponto mais elevado é o Monte Kênya, 5,199 m, o segundo mais alto da África, depois do Kilimanjaro.

O Kênya possui alguns parques nacionais onde se pode encontrar grande mamíferos africanos, como leões, elefantes, girafas, búfalos, guepardos, leopardos e outros.

 

 

Copyright © Guia Geográfico - Kenya, África Turismo. Quênia, Leões, Samburu parque, Amboseli National Park, Nakuru, Rift Valley.

 

À esquerda, Kenyatta International Conference Centre, em Nairóbi. À direita, mulher nativa da tribo masai. Os masai são um antigo povo nômade africano. Hoje estão estabelecidos em grande parte do Kênya e Tanzânia.

 

Bandeira Kenya

 

África

 

Links: Kenya

Government of Kenya

Kenya Wildlife Service

Magic Kenya, Turismo

Vida selvagem na África

 

Tanzania

 

Acima, flamingos rosa (phoeniconaias minor) no lago Nakuru, Rift Valley. O Nakuru é um lago raso de águas salgadas e alcalinas, devido às características vulcânicas da região. A grande quantidade de algas no lago atraem os flamingos e as águas alcalinas afastam predadores. Embaixo, zebras pastam no Amboseli National Park.

 

Safari

 

Leões no Samburu National Reserve.

 

 

Flamingos

 

Parques Africa

 

Amboseli National Park

 

Mapa Kenia

 

Leões

 

Nairobi

 

Masai

 

Quênia Africa

 

 

Africa